O dinheiro compra fundamentos?

  Talvez os mais velhos me entendam… Não sinta-se inferior por sua entidade bicar um dedo de pinga enquanto o do outro empina a garrafa, não sinta-se inferior nem ridicularizado quando sua entidade não pode usar um chapéu por ser recém chegado, enquanto você pensa ” mas todo mundo usa “. Não deixe que lhe fuja a verdade, não seja mais um decaído entre tantos pais de santo famosíssimos que prostituíram seu axé por ganância. É triste povo, mas uma triste realidade, com o passar do tempo, um pai de…

Compartilhe isso
Read More

12 religiões afro que se espalharam pelas Américas

12 religiões afro que se espalharam pelas Américas O tráfico escravo exportou as religiões afro para todos os cantos das Américas e Caribe, do Brasil aos EUA 1 – Santeria Cubana (Cuba) As canções são entoadas em lucumí, uma variação do iorubá falado onde hoje fica a Nigéria. Os rituais são muito parecidos com os do candomblé brasileiro. Acontecem em ilês, ou “casas dos santos”, onde geralmente os sacerdotes vivem. Os orixás também lembram os do candomblé, ainda que alguns, como Ossain (a divindade que vive nas matas e controla…

Compartilhe isso
Read More

A história da Rede BATUQUE RS

A Rede Batuque RS nem sempre foi esse conglomerado de funções e serviços em prol da religião afro que ora presta. Como todo projeto de sucesso, possui um início tímido, mas promissor e com o já então grandioso escopo, que é o de divulgar o Batuque Sul-rio-grandense e desmentir os equívocos que se espalhavam sobre a religião.

Compartilhe isso
Read More

Live Especial de Dia das Mães

    Confira a live da Especial feita pela equipe Batuque RS em homenagem as nossas sagradas Mães

Compartilhe isso
Read More

PAPO DE BATUQUE – Batuque e a tecnologia- Com Babá Jackson de Ogum e Iya Melissa de Oyá

Mais uma Live do Canal em um papo descontraído com Pai Jackson de Ogum e Mãe Melissa de Oyá sobre o que a tecnologia pode beneficiar ou não o culto do Batuque do RS. Confira abaixo o vídeo:            

Compartilhe isso
Read More

PAPO DE BATUQUE – Axé de Gorverno – Anna de Oxum Demun, Derrik de Nanã e Baba Phil

Axé de Governo é um termo que tem ganhado o vocabulário Batuqueiro nos últimos tempos. A grosso modo, trata-se da liberdade de um sacerdote para cortar em seu próprio ori, função que seria, originalmente, do seu Babalorixá ou Yalorixá. Antigamente, era muito mais comum ocorrer única e exclusivamente após a partida do pai de santo/mãe de santo do sacerdote, mas eis que começam a surgir iniciados com suas casas abertas, o que pré-indica que são sacerdotes e que, com seus feitores vivos e saudáveis, ainda assim cortam em seus próprios…

Compartilhe isso
Read More

10 PALAVRAS EM YORUBÁ PRESERVADAS NO BATUQUE

Não é mistério para ninguém que o Batuque é uma religião originada a partir dos decentes do povo nagô, cuja principal linguá era e ainda é o Yorubá. Dito isso, também não deve ser surpresa que, ao longo do culto, utilizemos, para além de praticas e crenças, também o dialeto da terra mãe do nosso sagrado. Hoje, listamos algumas palavras em Yorubá utilizadas no Batuque e seus significados. Se gostou, não se esqueça do like e de compartilhar com seus amigos. Asé!          

Compartilhe isso
Read More

Palestra Herança Negra e Batuque RS na Escola Aparício Borges POA

Babalorixá Phil De Xangô Aganjú Ibeji  Afro religioso há mais de 25 anos. Iniciado no Batuque do Rio Grande do Sul, sacerdote da tradição/nação Jeje-Ijexá. Militante ativo dos movimentos de resgate e preservação das tradições de matriz afro. Membro da Coordenação do Coletivo Independente em defesa das Religiões de matriz africanas – CIDREMA. Pesquisador independente dos cultos afros e suas liturgias e criador dos Grupos e Blog Batuque RS e apresentador do canal Batuque RS no YouTube.          

Compartilhe isso
Read More

REZAS DE BARÁ – JEJE-IJEXÁ

Axés cantados do Orixá Bará/Exu, na voz de Baba Phil d’Ibeji Na maioria das religiões afro mundo afora, os orikis ou textos sagrados tem vital importância na invocação do Orixá; é através das palavras, em conjunto com outros elementos da liturgia, que a energia atravessa do orun para o aiye. No Batuque, isso se dá através dos orins ou axés cantados, as rezas entoadas durante cada ritual ou direcionada a cada Orixá. Confira nesse e nos demais videos da série, os axés cantados a todos os Orixás na voz do…

Compartilhe isso
Read More

A Lenda de Ossanha

Osain, ou Ossanha, como é mais conhecido no Batuque, está no princípio de tudo. Todo o fundamento da religião começa nas ervas, na sua colheita, na escolha, no preparo da água de ervas. Pode ser dizer que a magia do Orixá nasce em Ossanha, pois ele está em cada folha colhida, em cada erva macerada, em cada mata visitada e é por isso que, como diz-se no candomblé: “kosi ewe, kosi orisa” sem ervas, sem Orixá. Acompanhe conosco esse video dedicado especialmente ao curandeiro batuqueiro e não esqueçam de compartilhar,…

Compartilhe isso
Read More

REZAS DE OGUN – JEJE-IJEXÁ

Axés cantados do Orixá Ogun, na voz de Otávio d’Onira Na maioria das religiões afro mundo afora, os orikis ou textos sagrados tem vital importância na invocação do Orixá; é através das palavras, em conjunto com outros elementos da liturgia, que a energia atravessa do orun para o aiye. No Batuque, isso se dá através dos orins ou axés cantados, as rezas entoadas durante cada ritual ou direcionada a cada Orixá. Confira nesse e nos demais videos da série, os axés cantados a todos os Orixás na voz do Onilu…

Compartilhe isso
Read More