Contos de Exuber: Casal de Exu no motel

A mais de dois anos trabalhando em plataforma de transporte por aplicativos me deparei com diversas história no mínimo interessantes ligadas a religião vou compartilhar algumas delas com vocês.

Sábado mais uma noite normal agradável de trabalho no app, bastante movimento nas ruas, jovens indo para festas no moinhos e Cidade Baixa, sociais rolando em vários bairros.

E como já era de se esperar uma com noite de muita magia com curimbas de exú rolando em várias casas e salões por toda a região metropolitana de porto alegre.Salões imensos lotados de pessoas, jogos de luzes, som alto, seguranças uniformizados, banda muito bem equipada com caixas de som, mesa de som, tambores de Led brilhando como se estivessem em uma rave e tudo que as entidades tem direito, com bebidas de todos os gostos:

Johnnie Walker, Smirnoff, Bacardi,  Absolut, Ice, Beats.La pelas tantas da madrugada após largar uma corrida na zona norte de Porto Alegre toca o app, e como de praxe cliquei na tela instintivamente e após localizar o endereço, comecei o deslocamento.

Chegando a frente do salão como já descrito acima várias “entidades” na rua, conversando, rindo e brincando com os vivos, então se aproxima um casal muito bem caracterizado, abrem a porta traseira e se acomodam, então começo o diálogo:

– Boa noite, S.r. fulano

– Após verificar o nome no app

-Alupandê

Para o meu espanto percebo que ali estavam duas entidades devidamente vestidas e sorridentes.

-Posso seguir pelo GPS ou vocês me guiam pela melhor rota?

-Eu lhe guio compadre.

Arranco o carro  ainda tentando me acostumar com tal situação.

-Dobre a direita

Olho no retrovisor interno e eis que vejo as “entidades” se beijando.

-Dobre a esquerda

Sigo por algumas quadras querendo que aquela corrida se encerre o quanto antes, considerando aquilo um verdadeiro absurdo.

-Dobre a direita

Vejo no app que o final da corrida se aproxima até que me deparo com um prédio grande e robusto com um letreiro destacado MOTEL ”XXXXXXX”, me pego pensando:

Não pode ser, deve ser o prédio ao lado ou no lado oposto da rua então a entidade pergunta:

– Se incomoda em nos deixar lá dentro?

– Sem problemas  (Respondo se  saber o que pensar.)

Entrei deixando a porta traseira em frete a abertura da recepção, vem então aquela voz de interfone:

-Boa noite.

-Alupande, Suíte master com hidro.

-3 horas ou pernoite.

-Pernoite.

-R$ XXX,XX.

Eis que eu já não tendo com o que mais me surpreender vejo a entidade puxar um cartão inserir na máquina e dizer:

-Credito

Logo após pôr a senha e à minha frente a porta se abrir, abre-se um buraco na pequena abertura de atendimento e surge uma chave e novamente a voz no interfone:

-Suíte 117, basta seguir a direita.

Chego a porta da suíte em poucos segundos, encerro corrida e informo o valor:

-R$27,95 senhor

Recebo uma nota de R$50,00 ao levar a mão ao console para pegar o troco, ouço:

-Eu Exu Fulano de tal lugar, estarei sempre protegendo tuas noites e caminhos, se precisar basta me chamar exú fulano aqui e em qualquer lugar e pode ficar com o troco.

Encerrou a frase com uma risada maligna…..

Já empurrando a Pombo Gira(creio que era) para dentro do quarto, vejo a porta se fechando….

Arranco o carro sem nada falar e muito menos sem saber o que pensar……

Ao menos a gorjeta foi boa

Creative Commons License Attribution-NonCommercial-NoDerivsRepublish
Compartilhe isso

Related posts