Orixá Bará – Rezas da Nação Cabinda Por Pai Didi de Xangô Aganjú

  Ouça a Sequência de Rezas do Orixá Bará da Nação Cabinda na Voz de Pai Didi do Xangô Aganjú Pai Didi é oriundo da Nação Cabinda, descendente de Pai Adãozinho de Bará, neto de Pai Romario de Oxalá e bisneto de Mãe Madalena de Oxum, descendente direta do precursor da nação Cabinda no Brasil. Pai Didi era, junto de Pai Eli de Oxalá, tamboreiro oficial do Pai Adãozinho. Reprodução autorizada pelo autor, todos os direitos reservados. Divulgação: Batuque RS  

Compartilhe isso
Read More

Homenagem Póstuma: Pai Luís de Bará (Nação Oyó)

Homenagem póstuma: Pai Luiz de Bará (Nação Oyó) O nosso homenageado de hoje, foi um dos grandes Baluartes da nossa Religião. Um “gentleman” por natureza e um dos Pais de Santos mais famosos do Brasil na sua época. É com muita satisfação, que hoje nós homenageamos o Babalorixá LUÍZ ANTÔNIO DA SILVA, Pai LUIZ DO BARÁ, de EXÚ LANÃ. Pai Luiz era da Nação OYÓ, da Bacia de Mãe MARIETA DE OXALÁ. Pessoa muito simples, de grande sabedoria, sua casa era frequentada por artistas, cantores, atores, escritores, jornalistas, políticos, grandes…

Compartilhe isso
Read More

O que são Dijínas ou Sobrenome de Orixás?

O que são Dijína ou Sobrenome de Orixás

    Dijína, palavra de origem kimbundu Rijina, dialeto bantu que significa “nome”.   Já aqui no batuque do RS é o psudonemo ou sobrenome que o Pai ou Mãe de Santo dá à um orixá de um iniciado (filho(a) de santo), logicamente este se é confirmado junto ao Ifá (Jogos de Búzios) se o Orixá aceita aquele sobrenome (dijína) ou ele mesmo revelará seu sobrenome (dijína) ali na consulta ifá. Este normalmente é adicionado/posto após a qualidade (tipo ou caminho) do Orixá. Exemplo: Xangô Agandjú Dei Xangô: Nome do Orixá Agandjú: Qualidade do Orixá Dei:…

Compartilhe isso
Read More

Homenagem Póstuma – Pai Adão de Bará (Nação Cabinda)

Homenagem Póstuma – Adãozinho de Bará (Nação Cabinda) O nosso homenageado de hoje foi uma das pessoas mais famosas e conhecidas dentro da nossa Religião. Foi um dos grandes Ícones, pelo seu conhecimento e pela sua sabedoria. Um homem de muito fundamento, integralmente do AXÉ, conhecedor dos mistérios dos ORIXÁS como poucos, vivos ou já falecidos. Deixou um legado e uma Bacia gigantesca de filhos, netos, bisnetos, trinetos, tataranetos, e sabe-se lá até onde vai a sua geração hoje em dia. Com grande satisfação, que hoje homenageamos esse MITO do…

Compartilhe isso
Read More

Programa “Mais Você” no Mercado Público

Programa “Mais Você” no Mercado Público Às vésperas de completar 150 anos, a serem celebrados no dia 3 de outubro, o Mercado Público de Porto Alegre recebeu a reportagem do programa Mais Você nesta quinta-feira (23). Com entradas ao vivo, a visita fez parte do quadro Mercadões do Brasil, que destaca  os  mas tradicionais espaços do gênero no país. Da Capital, o repórter Felipe Suhre interagiu com a apresentadora Ana Maria Braga e o mascote Louro José, presentes no estúdio da Globo. O quadro destacou espaços referenciais do local, como…

Compartilhe isso
Read More

Rezas dos Orixás – Equipe Batuque RS

Ouça as rezas de nossos sagrados orixás sendo tocadas e rezadas pela equipe Batuque RS  

Compartilhe isso
Read More

REZAS DE BARÁ – JEJE-IJEXÁ

Axés cantados do Orixá Bará/Exu, na voz de Baba Phil d’Ibeji Na maioria das religiões afro mundo afora, os orikis ou textos sagrados tem vital importância na invocação do Orixá; é através das palavras, em conjunto com outros elementos da liturgia, que a energia atravessa do orun para o aiye. No Batuque, isso se dá através dos orins ou axés cantados, as rezas entoadas durante cada ritual ou direcionada a cada Orixá. Confira nesse e nos demais videos da série, os axés cantados a todos os Orixás na voz do…

Compartilhe isso
Read More

Por que exu é o primeiro orixá?

“– O presente passa. O chato fica – rematou Exu, dando uma tremenda ogozada no lombo do intrometido.” Exu, como primeiro Orixá, é o próprio princípio. Antes Dele não há nada e certamente também não haverá depois se não for devidamente servido. Para o Batuque do RS, Bará é simbolizado sobretudo pela chave, ilustrando o conceito de que Ele é o que possibilita, dá-nos o acesso ao Orunmale. Em suma, Ele é a abertura e nenhum preceito, de iniciação a desligamento, começa antes de servir Exu Bará. E para explicar…

Compartilhe isso
Read More

Ecó e suas finalidades no Batuque

     Nas mais diversas doutrinas religiosas, pode se encontrar inúmeras definições e características do elemento invisível chamado energia, de modo que ele faz parte do intangível, mas sensível, mundo espiritual. Dentro do Batuque há, para além da canalização através da ritualística, diversas formas de dividir, diluir, concentrar as energias naturais que envolve o culto ao sagrado. Uma delas é o Ecó, que faz parte do que chamamos de calçamento de um terreiro. Nesse video, explanamos um pouco sobre esse elemento vital dentro do axé, de forma didática e acessível…

Compartilhe isso
Read More