Quaresma e o Batuque.



O que é Quaresma?
Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo: a Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo, que é comemorada no domingo e praticada desde o século IV.
A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa. Durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos dedicam-se à reflexão, a conversão espiritual e se recolhem em oração e penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz.
Veja também o significado de Quarta-feira de Cinzas e Páscoa.
Durante a Quaresma a Igreja veste seus ministros com vestimentas de cor roxa, que simboliza tristeza e dor. A quarta feira de cinzas é um dia usado para lembrar o fim da própria mortalidade. É costume serem realizadas missas onde os fiéis são marcados na testa com cinzas. Essa marca normalmente permanece na testa até o pôr do sol. Esse simbolismo faz parte da tradição demonstrada na Bíblia, onde vários personagens jogavam cinzas nas suas cabeças como prova de arrependimento.
Na Bíblia, o número quarenta é bastante frequente, para representar períodos de 40 dias ou quarenta anos, que antecedem ou marcaram fatos importantes: 40 dias de dilúvio, quarenta dias de Moisés no Monte Sinai, 40 dias de Jesus no deserto antes de começar o seu ministério, 40 anos de peregrinação do povo de Israel, no deserto etc.
Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias e foi assim que surgiu a Quaresma.”

Fonte: http://www.significados.com.br/quaresma/


Bem….

Creio que alguns de vocês devem estar se perguntando qual a relação do texto e a com o batuque…bem é de conhecimento de todos que boa parte dos iles no período denominado Quaresma param/interrompem suas atividades, o que alguns não sabem é o que levou a tal tradição.

No período escravista o negro era obrigado juntamente com seus senhores a parar toda e qualquer atividade religiosa, sob pena de punição ou ate mesmo a morte, pelos motivos descritos acima. Sendo assim ao longo dos anos mesmo apos o fim da escravidão o negro manteve tal reclusão em tal período, Por isso se tornou com o tempo algo tradicional dentro da religião.

    
http://feeds.feedburner.com/BatuqueRs
Creative Commons License Attribution-NonCommercial-NoDerivsRepublish
Compartilhe isso

Related posts