Homenagem póstuma – Mãe Nayrzinha de Yemanjá (Nação Ijexá)

Homenagem póstuma - Mãe Nayrzinha de Yemanjá (Nação Ijexá)

A nossa homenageada de hoje, era uma pessoa muito simples. Minha amiga de anos, frequentei sua casa e os seus batuques, conheci sua família, seu filho e o seu falecido esposo, JUAREZ DE OXUM DOKÔ.
Dona de personalidade forte, brava e polêmica, mas acima de tudo uma pessoa doce, de fé e de Axé. Ela tinha uma mão maravilhosa para os problemas de saúde.
Com muitas saudades e carinho que nós temos o prazer de homenagear a Yalorixá NAYR ROCHA DA SILVA(Póstuma), Mãe NAYRZINHA DE YEMANJÁ BOCÍ.
Ela era da Nação IJEXÁ, feita pela Yalorixá Ormezina, que era conhecida por Mãe ZINA DE OXUM PANDÁ OLOBOMÍ.
Posteriormente, ela migrou para o Axé da Yalorixá ERONDINA MARQUES DE OLIVEIRA, Mãe ERONDINA DE OXALÁ ÒBÓKÚN, que também era conhecida como mãe PRETA, sua então avó de Santo.
Sua Madrinha era a Mãe LOURDINHA DE AGANDJÚ (GRITONA), que era da Bacia da MANA DA OYÁ e neta do famoso ZÉ DA SAIA.
Mãe Nayrzinha fazia grandes batuques no dia 14 de novembro, quando comemorava o aniversário do seu ORIXÁ. Morou grande parte da sua vida na Rua Vitor Silva, 260 no Bairro Camaquã em Porto Alegre, depois mudou-se para a Rua Ermínio Machado, 145 no Bairro Jardim Algarve em Alvorada, onde ela viveu até os seus últimos dias.

Mãe Nayrzinha faleceu em 30 de dezembro de 2008 e seu ORIXÁ tinha 52 anos de vasilha.

Texto base: Cleber Ribeiro (Teixeirinha) de Oxalá

Qualquer informação adicional, sugestão ou dúvida, inclusive indicação de nomes para homenagens, deixe nos comentários para nos ajudar a ampliar o acervo do Batuque RS.

 

Creative Commons License Attribution-NonCommercial-NoDerivsRepublish
Compartilhe isso

Related posts