As mãos de um Sacerdote

As mãos de um Sacerdote

Dentro do culto ao Orixá temos por tradição e respeito o ato de pedir bênção ao nossos mais velhos ou nossos irmãos. Beijar a mão é um ato digno de respeito àqueles que nos passam conhecimento e experiência de vida e religiosa. É através das mãos que recebemos e passamos o axé, a vibração de Orixá! Nossas mãos representam o equilíbrio e a dualidade que existe em nós seres humanos e também na energia da natureza, sempre haverá os dois lados e este equilíbrio vindo de Xango é que se faz necessário para manter o axé. Obá a Orixá do movimento constante também tem ligação com as mãos, uma das partes do nosso corpo que está sempre em movimento e fazendo a transformação. É necessário que seja dado sempre o valor necessário a hierarquia e também a reciprocidade do ato de beijar a mão de um irmão, a reverência é ao Orixá que habita o Ori do próximo e não somente a pessoa em questão, por este motivo é preciso deixar as diferenças pessoais fora do peji e se dedicar somente ao Orixá.
Respeito a mão e ao Obé que reenergiza o Orí, respeito ao Axé das mãos e principalmente ao Orixá.

**** Conhecimento nunca é de mais ****
Àse o!
Léo Omo Agandjú.
http://feeds.feedburner.com/BatuqueRs
Creative Commons License Attribution-NonCommercial-NoDerivsRepublish
Compartilhe isso

Related posts